*Omnia Vincit Amor*

domingo, 2 de julho de 2017

Acolhimento - uma reflexão das Cartas Ciganas



Na serenidade, o acolhimento...
Trago hoje uma reflexão por inspiração na leitura das cartas...
É comum na leitura surgirem respostas que tragam de forma mais generalizada reflexões em que todos podemos trabalhar...
O dia de hoje pede calma!
Quando o coração está inquieto permitimos que nossas vibrações de frustrações fiquem armazenando ressentimentos...
Queremos falar mas só conseguimos gritar ou nos calar...
Precisamos ouvir mas não conseguimos calar nossa voz de reclamação...
Pensamos que o outro pensou isto ou aquilo...
Não conseguimos estabelecer um contato amoroso conosco então nossas palavras, ações e intenções se tornam afiadas feito vento frio...
E perdemos o acolhimento dentro de nós e consequentemente não encontramos mais o acolhimento fora de nós...
Nossa casa deixa de ser um ambiente em que queremos estar...
Então nos alienamos nas fugas e ilusões.... buscamos fora o que deveria estar dentro... apenas criamos mais frustrações...
Daí você quer ficar isolado do mundo, mesmo dentro de sua própria casa, você se isola... deixa de sorrir, deixa de acolher...
As cartas hoje falam deste acolhimento perdido e da necessidade de reconectar...
Como fazer isto? qual é a resposta para quando não conseguimos nos sentir acolhidos ou quando não conseguimos acolher?
As cartas respondem que é preciso "buscar a estrela"... vencer os obstáculos na sensibilidade amorosa onde se enxerga melhor, sente melhor as vibrações emanadas por si mesmo e pelos outros...
no acolhimento da estrela - a luz interior - a reconexão com o sentir,,,
Mas além da nossa casa externa, do outro, temos a nossa cas ainterna para cuidar...
E só podemos acolher quando preparamos nossos espaços internos de acolhimento...
O trabalho e a reflexão sugerida é: Buscar - Construir - Cuidar...
Buscar o acolhimento
Construir espaços para o acolhimento (dentro e fora de nós)
Cuidar de sustentar este acolhimento - nutrir-se, amar-se, expandir-se...
Voltar a Sorrir...
No dia de hoje eu venho dizer para você que nem sempre as palavras são necessárias... basta um gesto feito "de coração".. se assim o fizer, o outro coração começará a se "desarmar" e começará a retomar o caminho do acolhimento...
Como superar o desamor?
Como "apagar" a mágoa, o ressentimento, a "falta de cuidado" do outro para conosco?
Começando a restabelecer as conexões de amor...
Sorria... e o amor irá reencontrar os caminhos, a alegria irá refazer as "pontes" e iluminar os laços de ternura, acolhimento e Paz...
Para Ser Amor, é preciso ser um Guardião do Amor...
e construir... buscar... cuidar...
Sejam Amor.
Rosa Sagrada.
Oráculos e Terapias